A Ditadura do Futebol

A torcida do Corinthians é mais uma prova de que é dificil lutar contra a CBF e seu sistema. A vitória por 4 a 0 contra o Linense em casa, fica em segundo plano.
Tinha tudo pra ser um espetáculo lindo, como sempre acontece no futebol, ainda mais com a Torcida que tem um time. Com os reservas pedindo passagem, a invencibilidade em casa aumentando, gols de jogadores outrora criticados e um ótimo público para os padrões nacionais. Nessas horas, o colunista já deve estar sendo chamado de louco pois o que tem de ruim em tudo isso ainda mais se tratando de um time em formação?
Bom, quem deveria responder era a polícia, os responsáveis pela manutenção da ordem e da paz em todo o país, pelo menos na teoria. O que se viu na Arena foi uma barbárie. Torcedores inocentes, entre eles crianças, apanhando e sofrendo com os efeitos de bombas arremessadas pelos policiais. E tudo isso por um simples motivo, as faixas de protesto pedindo um futebol melhor. Os clubes cariocas, que assim como os paulistas lutam contra o sistema imposto pela CBF, também sofrem as consequências de protestarem por mudanças. A Primeira Liga só esta sendo disputada graças ao esforço dos clubes, pois alguns cartolas fizeram de tudo para impedir a competição, ameaçando até financeiramente as equipes. A crise política que vivemos também reflete no futebol. Não existe momento melhor para protestar, seja contra quem for, defendendo o seu ideal por um país melhor como um todo, inclusive no futebol, nem que pra isso algumas gotas de sangue sejam derramadas, como aconteceu em Itaquera.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta