A Importância de Vencer o Choque-Rei

Palmeiras vence o São Paulo no Pacaembu pelo placar de 2×0 e tenta afastar de vez a crise.

Após perder em casa para o Nacional-URU pela Libertadores, ganhar hoje foi extremamente importante para motivar o time e jogar a crise bem longe do nosso clube, e ir pra cima dos mesmos uruguaios na “final” de quinta-feira pela fase de grupos da Libertadores.

Nos primeiros 30 minutos do primeiro tempo, o São Paulo teve o total domínio da partida, parecia que o Palmeiras estava dormindo ainda. Teve gol anulado, lances de perigo e desatenção do nosso setor defensivo e a falta de ação do nosso setor criativo.

Nos últimos 15 minutos, o São Paulo perdeu o ritmo do início do clássico e começou a abrir espaços e dando oportunidades para o Palmeiras crescer na partida e inclusive deixando a oportunidade mais clara da partida, chute de Alecsandro e grande defesa de Denis, numa jogada que todos queriam, um toque de bola envolvente, paciente e objetivo… Coisa que era muito rara nos últimos jogos.

Na volta do intervalo, o Palmeiras finalmente acordou, voltou melhor, voltou ligado, lembrou da importância do clássico para os jogos que vem a seguir. Em um contra-ataque muito bem puxado, Alecsandro cruzou e Dudu abriu o placar. A partir desse gol, o São Paulo se abriu e na base do desespero tentou o empate, principalmente em escanteios ou faltas próximas a área.

E aquele gol do Robinho, hein? Esse cara tem o dom de fazer gols bonitos, principalmente contra o São Paulo! Bola veio trabalhada, Allione recebeu, tocou para o camisa 27, que recebeu na intermediária e acertou um lindo chute de esquerda, no ângulo! Que lindo, era mais uma vitória em clássicos, mais uma em cima do São Paulo!

Vitória mais que importante, é aquele famoso gás para os próximos jogos, coisas que principalmente clássicos, nos proporcionam. O Palmeiras precisava disso para finalmente voltar a apresentar um bom futebol, e ir em busca de resultados positivos na temporada.

O verdão volta a jogar nesta quinta-feira, contra o Nacional-URU fora de casa, pela Libertadores, no estádio Parque Central, às 21h45. O primeiro daqueles “jogos mais importantes do ano”. A estreia do novo comandante, Cuca.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta