Top 5: As melhores transferências de futuros craques

Colaborou: Bruna Mendes

Neste texto nós vamos trazer as cinco melhores contratações europeias dos atletas que possuem menos de 23 anos. São atletas de alto potencial e que já são realidade nos dias de hoje, jogando em grandes potencias do futebol do velho continente.

1º – Kylian Mbappé (PSG)

Sendo o jogador mais disputado na última janela, Kylian Mbappe foi contratado pelo PSG. O jovem de apenas 18 anos chegou ao PSG por empréstimo de um ano, mas com uma cláusula de obrigação de compra avaliada em cerca de 180 milhões de euros e o valor será depositado apenas daqui um ano. Após a contratação de Neymar, o clube francês teria que driblar o fair play financeiro da UEFA para poder contar com o jovem, e o empréstimo viabilizou o negócio.

Mbappe irá junto com seus companheiros em busca da tão sonhada Champions League.

Em 16/17, na sua primeira temporada como profissional Kylian contou com 26 gols e 14 assistências em 46 jogos, e tem como destaque sua atuação na Champions League. Como é um jogador bastante versátil no ataque irá facilitar a vida de Unai Emery para escalar o trio de ataque. Depois de uma temporada brilhante com a camisa do Mônaco, Mbappe, agora parisiense, tem tudo para estourar com tantas estrelas ao seu lado.

2º – Ousmane Dembélé (Barcelona)

Mais um jovem jogador da fantástica safra francesa de jovens atletas promissores. Dembélé teve uma saída conturbada do seu ex-clube, o Borussia Dortmund, e foi contratado pelo Barcelona com a missão de repor a saída do grande craque Neymar. Jogando ao lado de Messi, Suarez, Iniesta e cia, o jovem tem tudo para continuar o excelente trabalho que fez defendendo as cores do Borussia Dortmund. O valor de sua transferência, foi o segundo maior da história (105 milhões de euros), ficando somente atrás da venda de Neymar ao PSG.

Ousmane começou a ter projeção e destaque no Rennes da França, onde chamou muito atenção por toda sua habilidade e também por ser um jogador ambidestro. A temporada 15/16 foi sua primeira como profissional, e Dembélé foi super bem marcando 12 gols e dando 5 assistências em apenas 22 partidas na Ligue 1.

Após uma grande temporada, Dembélé atraiu olhares de gigantes europeus e foi contratado pelo Borussia Dortmund.

Para a temporada 16/17, o Borussia Dortmund acertou a contratação da jovem promessa junto ao Rennes por incríveis 15 milhões de euros, uma pechincha. Dembélé não sentiu problemas de adaptação, e começou a temporada voando e não demorou muito para assumir o protagonismo na equipe aurinegra. Foram 50 jogos pela equipe de Dortmund, com: 10 gols marcados, 22 assistências e o título da Copa da Alemanha. Grande destaque do Borussia, o jovem francês fez parte do melhor XI da Bundesliga, em votação aberta ao público.

Dembélé assumiu o protagonismo no Borussia Dortmund em sua primeira temporada, sendo peça chave para a equipe aurinegra.

A temporada foi tão especial que o atacante chamou atenção da seleção francesa e foi convocado pela primeira vez ao grupo profissional (já que o mesmo já jogou pelas seleções de base). Dembélé estreou em um amistoso contra a Itália no dia 1 de setembro de 2016, vindo do banco e entrando aos 18 minutos da etapa final no lugar de Griezmann. A partir daí, sua participação nas listas de Didier Deschamps tornou-se mais frequente, sendo inclusive titular em algumas partidas pelos Bleus.

3º – André Silva (Milan)

Aos 21 anos, André Silva foi anunciado pelo Milan que pagou cerca de 38 milhões de euros, valor muito menor que os 60 milhões de euros que havia sido previsto na sua cláusula de rescisão devido a uma multa imposta pela UEFA ao Porto, fazendo com que o Milan pagasse por quase metade do valor. O atacante foi a revelação do Porto na última temporada e é, junto com Cristiano Ronaldo, artilheiro na seleção lusa.

Com seus gols, o camisa 9 português irá ajudar a colocar o Milan no topo novamente.

Comparado muitas vezes com o melhor do mundo, André é um atacante muito promissor, de 1,85 metro de altura, bom finalizador e é um jogador que também ajuda na construção das jogadas. Vestindo a camisa 10 do clube português em 16/17, marcou 21 gols e ainda deu 8 assistências. Na Champions League foi o artilheiro do time com 4 gols e 2 assistências em 8 partidas.

4º – Bernardo Silva (Manchester City)

Uma das primeiras contratações da janela, o City pagou 43 milhões de libras ao Mônaco por Bernardo Silva. O meia português é conhecido por seu drible, movimentação, passes precisos e sua força com a perna esquerda. Em 2015, após ser emprestado pelo Benfica, o clube francês fez um acordo de 15 milhões de euros para tê-lo permanentemente. Silva desempenhou um papel fundamental ao ajudar o Mônaco a conquistar a Ligue 1.

Sobre os olhos de Guardiola, Bernardo espera ajudar o City em busca de títulos.

Apesar da forte competição em sua posição, Bernardo teve impressionantes exibições na pré-temporada e Guardiola terá um dilema nas mãos para escalar o time do meio para o ataque. Provavelmente haverá uma rotação muito maior na próxima temporada. Com incríveis 11 gols e 12 assistências na última temporada Bernardo Silva promete ajudar o Manchester City em buscar de deus objetivos, e junto com o belga De Bruyne irá contribuir para que as jogadas ofensivas sejam mais efetivas.

5º – Youri Tielemans (Mônaco)

Tratado por muitos como a maior joia do futebol europeu, o belga de 20 anos foi contratado pela equipe do Mônaco junto ao Anderlecht pelo valor de 25 milhões de euros com a função de assumir o protagonismo na meia cancha da equipe do Principado junto ao brasileiro Fabinho.

Youri já tem uma rodagem no futebol profissional, já que atua na categoria desde os seus 16 anos de idade pela equipe do Anderlecht. Em sua primeira temporada (13/14), Tielemans foi começando a cavar seu lugar na equipe belga e fez um total de 35 jogos com 2 gols marcados e 6 assistências. Sua técnica, e potencial atraíram muito os olhares de grandes clubes, porém o atleta seguiu no clube belga por mais 3 temporadas.

Tielemans se firmava a cada temporada no Anderlecht, tornando-se o principal destaque do clube de Bruxelas.

Assumindo definitivamente o protagonismo, Youri sempre demonstrou qualidade e tem como grande característica a facilidade de atuar em todas as funções do meio campo central. Faz bem a armação, executa com maestria a função de meia central e vai muito bem atuando na volância. Além de ter muita qualidade nas bolas paradas e uma excelente visão de jogo. No total, o jovem se despediu do Anderlecht com 185 jogos, 35 gols, 31 assistências e foi duas vezes campeão do Campeonato Belga.

Apesar da pouca idade, Tielemans tornou-se xodó da torcida, capitão e o grande nome pro futebol belga no futuro.

Comentários

Comentários