Chelsea e sua disparidade na Premier League

Já se foram 22 rodadas na Premier League e o campeonato continua com um alto nível de disputa (como sempre foi) e com pouca distância de pontos entre os times. Exceto pelo líder, Chelsea, que se mantem a frente da tabela desde a décima terceira rodada abrindo 8 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado Arsenal, que também vem com boas apresentações no currículo.

Conte: O responsável pela grande temporada dos Blues!

Como explicar essa ascenção é fácil: Antonio Conte. O técnico Italiano que comandou a Azzurra na última Eurocopa e a Juventus (2011-2014) vem fazendo um trabalho no mínimo espetacular com o elenco dos blues. Depois de um fracasso na temporada 15/16 com José Mourinho e algumas derrotas no começo do campeonato inglês, conseguiu encaixar seu famoso 3-4-3 e emplacar 13 vitórias consecutivas, tendo seu winstreak encerrado diante do Tottenham, por 2×0.

É necessário falar sobre o elenco do Chelsea. Sim, elenco, e não time.

Um elenco de peso e letal contra os grandes clubes da Inglaterra!

O plantel que o técnico do Chelsea tem a sua disposição é no mínimo invejável. Além dos 11 iniciais de grande renome como Hazard, Costa, Courtois, Kanté e cia, Conte tem jogadores de ótima qualidade para sua reposição, e grande parte deles nascidos na própria categoria de base do time (os chamados DEVs). Alguns ainda precisam aprimorar seus talentos, enquanto outros mais despojados vem sendo lapidados pelo manager italiano e pelas demais estrelas do elenco.

Dia após dia o manager italiano trabalha para que suas táticas e jogadas não fiquem ultrapassadas!

Ao mesmo tempo que podemos dizer que o técnico dos blues tem as peças necessárias para disputar grandes jogos na Premier League, temos que atentar ao fato de que não seria possível manter o mesmo nível já mostrado usando essas peças de reposição pois sabemos da dificuldade que o futebol inglês apresenta, além de outras grandes estrelas dos demais clubes ingleses.

Diria que o Chelsea, com todos os recursos que tem, já está com uma mão na taça. Para colocar a outra e levantar o caneco é preciso apenas manter um futebol capaz de atacar e defender com facilidade como vem mostrando no 3-4-3 mas também é essencial torcer para os demais adversários irem tropeçando ao longo do campeonato. O próximo confronto é contra o Liverpool, concorrente direto ao título. Será com toda a certeza uma pedreira para ambos os times (ainda mais pela má fase que os Reds vem enfrentando, sendo até eliminado da Copa da Inglaterra nesse fim de semana), porém, com a certeza de um futebol de alto nível.

Comentários

Comentários