PSG e o episódio Neymar

Duzentos e vinte dois milhões de euros, equivalente a oitocentos e quatorze milhões de reais. Sim, escrito por extenso para se ter uma ideia da “pechincha” que o Paris Saint-Germain estaria disposto a pagar pela multa rescisória do craque brasileiro Neymar. Impossível? Nem tanto. Sabemos que o PSG tem cacife para pagar isso (vide outros rumores que tivemos ao fim da temporada européia como por exemplo a ida de Cristiano Ronaldo ao time francês).

Tudo aconteceu nesta tarde de quarta-feira (18/07) quando um jornalista do Esporte Interativo afirmou nas televisões que Neymar já teria fechado um acordo com o PSG. Não faltaram versões e rumores de todos os lados da história. E se a compra de fato fosse concretizada? Seria uma boa? Para o Neymar, sim. Para o Barcelona, talvez. Listamos alguns pontos que fariam da transferência do ponta brasileiro um ótimo avanço em sua carreira.

Novos Ares

Neymar chegou ao Barcelona em 2013, após a bem sucedida Copa das Confederações e de lá pra cá não faltaram títulos, colecionados temporada após temporada com um trio de ataque no mínimo letal e considerado por muitos o melhor e mais técnico do mundo (mesmo com uma temporada “abaixo da média” do argentino Lionel Messi). Não seria a hora de respirar novos ares e novos desafios?

Sabemos que o Campeonato Francês tem lá seu nível de dificuldade, talvez não tão exigente como uma La Liga ou Premier League mas seria essencial para o nosso craque aspirante a melhor do mundo uma mudança de rotina. O PSG tem uma grande leva de brasileiro: Thiago Silva, Dani Alves, Marquinhos, Motta (brasileiro naturalizado Italiano), Lucas (este, envolvido em rumores de transferência para o campeonato inglês).

Centro de Treinamento do clube francês

A última temporada foi vencida pelo A.S. Monaco. Neymar seria uma das armas mais importantes para a reconquista do campeonato francês e também da tão sonhada UEFA Champions League.

O reconhecimento que ele merece

Hoje Neymar disputa os mesmos holofotes que tem para si com alguns jogadores meio conhecidos… Um tal de Messi, um outro chamado Suarez… Não que seu desempenho seja afetado pelos dois, muito pelo contrário, desde o início do trio MSN, a evolução é ridícula. Porém ainda se bate na tecla de Messi ofuscar o dom de Neymar; até mesmo o de Luis Suarez. Sua ida para o PSG traria todas as atenções para seu jogo e ainda sim teria jogadores de alto calibre ao lado para contracenar em campo como Cavani e Di Maria.

Plantel Brasileiro

Como afirmado anteriormente, o Paris Saint-Germain conta com uma grande quantidade de brasileiros disponíveis na mão de Unai Emery, atual técnico do time. Isso sem dúvidas é um fator importantíssimo para a decisão do brasileiro, uma vez que em menos de 1 ano teremos a Copa do Mundo na Russia, e boa parte (se não todos) dos brazucas no time francês serão convocado. Não seria uma ótima oportunidade para Neymar afiar ainda mais seu entrosamento com o resto da possível convocação de Adenor para o ano que vem? Sim! Com certeza!

Partindo pra realidade

Sabemos que negociar um jogador de nível como Neymar, Messi, CR7 não é tão fácil assim. O Barcelona afirmou em uma nota aberta que o brasileiro está “200% cotado” para permanecer com o elenco catalão, inclusive já se dirigiu aos Estados Unidos para a pré-temporada com o clube. O jogador e seu pai (empresário) ainda não se pronunciaram e talvez nem deva ser o foco de ambos até porque quanto mais notícias na mídia, mais podem interferir em seu psicológico e desempenho dentro de campo respectivamente.

Josep Bartomeu, atual presidente do clube catalão

Resta esperar o desfecho, improvável ou não dessa história. Apenas estamos passando alguns pontos positivos e que com certeza podem influenciar o craque brasileiro em sua decisão final! Concorda? Discorda? Deixe um comentário abaixo!

Comentários

Comentários