Sem Acréscimos – Brasileirão #4

O intuito do Sem Acréscimos é resumir jogo a jogo a rodada do Campeonato Brasileiro para aqueles que não conseguem acompanhar todas as partidas devido a correria diária, ou simplesmente para quem não curte as enrolações dos principais veículos de mídia e prefere uma leitura mais rápida e direta ao ponto. Sinta-se a vontade para deixar sua opinião no campo de comentários ou através do nosso Twitter @SemClubismo_FC.

Cruzeiro 1×1 América-MG

No quarto jogo entre as equipes no ano, a Raposa ainda não conseguiu vencer o Coelho. O resultado não agradou nenhum dos times, que seguem sem vencer na competição e se encontram na zona da degola. Victor Rangel, aos 30 minutos do primeiro tempo, chutou bonito para abrir o placar. Porém, o Cruzeiro conseguiu o empate com um belo gol de Arrascaeta, aos 36 da etapa final.

Atlético-PR 2×1 Figueirense 

Comandado por Ewandro, que marcou um gol e assistiu o zagueiro Thiago Heleno no outro, o Furacão chegou a sua primeira vitória na competição. O Figueira não vendeu os três pontos facilmente, fazendo um muito duro até os minutos finais. Chegou a descontar com Bruno Alves, de cabeça, mas não foi o suficiente.

Chapecoense 1×1 Santa Cruz 

O Santa, com gol de Arthur, ia conseguindo uma bela vitória contra a Chape na Arena Condá até os 38 da segunda etapa, porém, numa bobeada da defesa, Thiago Costa marcou contra, dando ao time da casa um pontinho suado e arrancado na base da raça. Bom resultado para catarinenses, pela circunstância do jogo, e pernambucanos, apesar do vacilo no fim.

Ponte Preta 1×2 Flamengo

Depois de uma semana muito agitada na Gávea, o Flamengo foi visitar a Ponte Preta no Moisés Lucarelli e voltou a vencer, finalmente. O time da casa saiu na frente com gol de Wellington Paulista, enquanto o Rubro-Negro virou com Felipe Azevedo(contra) e Jorge. A atuação do Flamengo não foi convincente, de novo, mas só pela vitória, já deixa seu torcedor aliviado.

Sport 0x2 Corinthians

Em jogo tecnicamente fraco, o Corinthians, fora de casa, derrotou o Sport com gols de Marquinhos Gabriel e Lucca, ambos no segundo tempo. Dos poucos pontos positivos, pode se destacar a atuação de Guilherme, que além de uma assistência, deixou Marquinhos outras duas vezes cara a cara com o goleiro. O Leão terá que passar por uma drástica reformulação se quiser sobreviver.

São Paulo 1×0 Palmeiras

Com um início arrasador, o Palmeiras teve duas grandes chances de gol, mas parou por aí.  O São Paulo soube equilibrar o jogo e fez o único gol do Choque-Rei aos 11 minutos, com Ganso. O segundo tempo foi totalmente dominado pelo Tricolor, e se não fosse Fernando Prass o resultado seria elástico. O Verdão pouco criou, exigindo Denis apenas uma vez na etapa final.

Vitória 1×1 Atlético-MG

O Atlético, mesmo desfalcado, conseguiu fazer um bom primeiro tempo, teve mais chances que o Vitória e Patric abriu o placar, com contribuição do goleiro. Na etapa final, o Galo perdeu algumas oportunidade para matar o jogo, então o Leão passou a chegar mais e após belo lançamento Kieza empatou.

Fluminense 1×0 Botafogo

Mais uma vez ele decidiu, Fred, contra o Botafogo, é sinônimo de gol. Dessa vez não foi diferente, aproveitando falha da zaga na saída de bola, o artilheiro bateu para o fundo das redes para definir a vitória do Fluminense logo no início da segunda etapa. O Fogão pouco incomodou e os três pontos foram parar nas Laranjeiras com certa tranquilidade.

Santos 0x1 Internacional

Em jogo muito intenso na Vila Belmiro, o Internacional venceu o Santos e acabou com invencibilidade de 29 jogos do Alvinegro Praiano em seu estádio. No primeiro tempo, o Inter dominou o jogo, criando grandes chances enquanto os mandantes não conseguiram jogar, exceto pelo gol anulado logo aos dois minutos de jogo. No segundo tempo, o Santos voltou um pouco melhor, mas ainda assim, pelo excesso de passes errados não conseguiu render o esperado para um time fortíssimo dentro de casa. Danilo Fernandes fez duas grandes defesas e o Colorado chegou muito bem em contra ataques. Andrigo perdeu várias chances e Aylon, após cobrança de escanteio fez o único gol do jogo.

Grêmio 2×0 Coritiba 

Até o primeiro gol, marcado por Éverton, o jogo era bem equilibrado. Porém, o Coxa sentiu e o Grêmio passou a dominar as ações.Os gaúchos ampliaram com Luan, de pênalti e ficaram apenas segurando o resultado. Os visitantes tentaram assustar com chutes de fora da área, mas sem muita eficiência.

Craque da Rodada: Ganso

Acima da média e diferenciado, o meia Paulo Henrique Ganso vem fazendo uma temporada atípica, marcando muitos gols para um jogador de criação. O meia decidiu o clássico contra o Palmeiras e foi escolhido como Craque Sem Clubismo da quarta rodada. O garçom artilheiro vive uma de suas melhores fases na carreira.

111

 

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta