Sem Acréscimos – Quartas (Volta) – Copa do Brasil

O intuito do Sem Acréscimos é resumir jogo a jogo cada fase da Copa do Brasil para aqueles que não conseguem acompanhar todas as partidas devido a correria diária, ou simplesmente para quem não curte as enrolações dos principais veículos de mídia e prefere uma leitura mais rápida e direta ao ponto. Sinta-se a vontade para deixar sua opinião no campo de comentários ou através do nosso Twitter @SemClubismo_FC.

Juventude 1×0 Atlético-MG – PEN: JUV 2X4 CAM –  (Ida: 0x1)

Com o goleiro Victor brilhando, o Atlético venceu nas penalidades e está classificado para a semifinal. A partida foi bastante equilibrada, apesar da diferença de elenco das duas equipes. Mas em menos de 32 segundos, o Juventude saiu na frente com Hugo recebendo cruzamento de Roberson. O Galo não sentiu o golpe e foi pra cima dos gaúchos, fazendo com que o time da casa se fechasse. Na etapa final, os mineiros não conseguiam criar chances reais, mas iam para o ataque deixando espaços. Com o passar do tempo, o Juventude foi criando coragem e indo pro ataque, mas aos 43, Victor defendeu o que seria o segundo gol. Nas penalidades a estrela do goleiro atleticano brilhou. Victor defendeu duas penalidades, enquanto o Galo teve 100% de aproveitamento nas cobranças.

Internacional 2×0 Santos (Ida: 1×2)

No Beira-Rio, os reservas do Colorado surpreenderam o Santos e garantiram uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. Todos imaginavam uma classificação tranquila do Peixe diante dos reservas do Inter, certo? Errado! Desde o início os gaúchos foram pra cima dos visitantes. E aos nove minutos, Alex bateu escanteio pela esquerda e Aylon cabeceou para o fundo da rede. Com a vantagem, os donos da casa se fecharam, e os paulistas apostavam nos cruzamentos na área adversária, porém sem êxito. Em um contra-ataque, veio o golpe fatal. Aos 42 minutos, Vitinho rolou para Eduardo Sasha tocar por cobertura e fazer a torcida ir a loucura no estádio.

Palmeiras 1×1 Grêmio (Ida: 1×2)

Com casa cheia, o Verdão saiu na frente, mas o Grêmio reagiu e saiu com a vaga. O Palmeiras foi superior desde o início da partida, com os adversários jogando pelo empate. Lucas Barrios acertou o travessão, e esse foi o melhor lance da primeira etapa. No segundo tempo o Alviverde foi recompensado com um já nos cinco minutos. Após escanteio de Cleiton Xavier, Thiago Martins recebeu de Thiago Santos e abriu o placar. O jogo estava na mão do Palmeiras, até que aos 21 minutos, Allione recebeu cartão vermelho e o jogo mudou. Aos 30, o Grêmio empatou com Everton em uma bela jogada individual. A partir daí, os donos da casa foram pro abafa, mas não conseguiram tirar a igualdade do placar.

Cruzeiro 4×2 Corinthians (Ida: 1×2)

Em um jogaço no Mineirão, o Cruzeiro vence por dois gols de diferença e avança para a próxima fase. Em uma atuação excelente da dupla Ábila-Arrascaeta os mineiros não demoraram pra sair na frente. Aos 13 minutos, Ábila recebeu de Arrascaeta e fez o primeiro. Ainda no primeiro tempo após jogada de Uendel, Rodriguinho empatou a partida. Na etapa final, o jogo pegou fogo. Aos 12 minutos, Arrascaeta sofreu pênalti, e Ábila fez novamente. Pouco tempo depois, Robinho bateu escanteio e Bruno Rodrigo fez o terceiro. O Corinthians se mandou todo pro ataque, e aos 38, recebeu o castigo. Arrascaeta em jogada individual fez o quarto. Aos 40, Rildo diminuiu, mas não foi suficiente.

Craque da Rodada: Victor

Novamente em uma disputa de pênaltis, a estrela de Victor brilhou. Com grandes defesas no tempo normal, e duas penalidades defendidas na disputa de pênaltis, o goleirão atleticano foi eleito o Craque Sem Clubismo dos jogos de volta da Copa do Brasil.

bictor

Comentários

Comentários