Sport 2016 – Em Busca do Time Ideal

Ano passado, o Sport fez a melhor campanha de sua história no Brasileirão desde que passou a ser disputado no formato de ponto corridos. Imbatível na Ilha do Retiro, o Leão apresentou um futebol de altíssimo nível, que por detalhes – e por “azar” com relação a arbitragem – acabou não se classificando para disputar a Libertadores.

Porém, essa bela campanha teve o seu preço, que até hoje é sentido pela torcida Rubro-negra, o desmanche no elenco.

A torcida já esperava a saída de alguns atletas. Infelizmente o clube não possui um poderio financeiro suficiente para segurá-los. Principalmente após a valorização da maioria dos jogadores no decorrer da competição. Destacando-se a perda de três referências do setor ofensivo, Diego Souza, André e Marlone.

Hoje, o técnico Falcão tem em mãos um elenco competitivo mas bem longe do que terminou o último Campeonato Brasileiro. E tenta com essas peças se organizar no início da temporada, para que cheguem reforços pontuais no decorrer do ano.

joao_pedro

O intuito desse post é dar minha opinião sobre o time que considero ideal com as peças que o Sport tem atualmente, desconsiderando as lesões dos atletas.

DEFESA: Danilo Fernandes(GOL); Samuel Xavier(LD), Henríquez(ZAG), Durval(ZAG), Renê(LE).

Acredito que para a maioria da torcida Matheus Ferraz esteja precisando pegar banco por um tempo. Os constantes erros nos últimos jogos acabaram por ocasionar isso. De resto sem mais dúvidas no setor defensivo, que é o mesmo do ano passado.

MEIO: Serginho(VOL), Rithely(VOL), Luiz Antônio(VOL).

Eu, particularmente, gostaria de ver o Sport jogando com 2 volantes, Serginho e Rithely, com Gabriel Xavier armando o jogo centralizado. Mas o esquema atual com 3 é o que vem dando mais certo, acrescentando Luiz Antônio junto aos outros citados e empurrando Gabriel para as pontas. Testes já foram feitos e é um fato que o time se comporta melhor assim.

ATAQUE: Lenis(PD), Túlio de Melo(CA), Mark González(PE).

Nesse setor a grande incógnita fica por conta do chileno Mark González, que apesar de ser um grande jogador, possui um histórico de lesões que o persegue há tempos. O substituto imediato seria Gabriel Xavier. Contando ainda com Everton Felipe, que já teve boas atuações na temporada.

mco_0585

Certo é que o elenco precisa de reforços. Destacaria um meia armador e um atacante de peso, que não seja mais pesado que o Walter, mas que tenha qualidade e que possa resolver alguns jogos como André resolveu no último campeonato. A defesa mostrou ser sólida na última edição, o meio tem pegada forte na marcação e chegada e o ataque mostrou ser eficaz na bola aérea e com ótimas soluções pelos lados com o colombiano Lenis.

É competitivo, sem dúvidas. Mas a diretoria precisa correr atrás de peças para qualificar o elenco o mais rápido possível se quiser ir além.

 

Por: Gabriel Gouveia.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta