Top 5: As maiores pechinchas da última janela de transferências

Colaboraram: Bruna Mendes e Leonardo Smith

Neste texto nós iremos trazer as 5 contratações com o melhor custo benefício da última janela. São excelentes jogadores que saíram por um valor considerado baixo pelo o que jogam e serão fundamentais para seus atuais times nessa temporada 17/18!

 1º – Blaise Matuidi (Juventus)

Matuidi tem tudo para ajudar a Juventus a se manter forte no cenário europeu.

O centro-campista francês de 30 anos foi para a Juventus por apenas 20 milhões de euros. Um valor extremamente baixo, já que Matuidi, é um dos melhores meio-campistas do mundo. Especulado em diversos clubes gigantes em janelas anteriores, o jogador foi negociado com a Vecchia Signora.

Blaise Matuidi foi revelado no Troyes e 3 temporadas depois se transferiu para o Saint-Éttiene. Visto como um jogador de enorme potencial, o PSG o contratou em 2011 por 8 milhões de euros. A partir daí, o francês se firmou e passou por todo processo de construção da equipe parisiense, tornando-se um dos ídolos do clube. Com o clube de Paris, Matuidi ganhou 15 troféus e saiu próximo de completar a marca de 300 jogos pela a equipe.

Matuidi é um volante com a cara da Série A, jogador de muita força física, veloz, e que chega muito bem no ataque. Deve ser um reforço importante para Juve, visto que naturalmente deve ganhar a vaga na posição, já que é um dos melhores da posição no mundo, e também, que seus concorrentes se machucam com muita frequência.

Com a chegada de Matuidi, um vasto leque de excelentes centro-campistas se abre para Massimiliano Allegri.

Um baita negócio para a equipe de Turim, não só pelo lado técnico. Subiu de patamar o excelente elenco que já tem em mãos. Com Matuidi em forma, a Juventus entra forte para bater a dinastia espanhola na UEFA Champions League.

2º – Sead Kolasinac (Arsenal)

O lateral-esquerdo da Bósnia se juntou ao Arsenal depois de seu contrato com o Schalke 04 encerrar. Especulado no Chelsea, Juventus e Manchester City, Sead Kolasinac foi um dos melhores jogadores da equipe alemã e seu preço, caso tivesse sob contrato do Schalke, seria em torno de 35 milhões de euros.

O estilo de jogo de Kolasinac irá se encaixar perfeitamente na Premier League.

Sua atuação no confronto contra o rival Borussia Dortmund no início de abril foi particularmente impressionante. Depois de uma defesa do goleiro Fahrmann no chute de Aubameyang, Kolasinac conseguiu deslizar para evitar um gol quase certo de Pulisic, salvando o time de uma possível derrota. É difícil para os pontas adversários jogarem contra ele, porque ele é muito forte e surpreendentemente rápido, seu físico é imponente.

Suas qualidades defensivas irão ajudar o técnico Wenger a arrumar a defesa.

Com apenas 24 anos, Sead foi fundamental para que o Schalke chegasse nas quartas de final da Europa League onde deu 3 assistências, sendo duas delas contra o futuro finalista Ajax. É um dos jogadores mais versáteis de sua posição, pode jogar como lateral, ala, meia central e, com seus 1,83 metros de altura, até de zagueiro, já que seu principal ponto forte é o desarme. Após uma série de performances impressionantes com os azuis reais na Bundesliga, Kolasinac pode ser considerado uma das melhores contratações dessa janela, justamente por ter sido de graça e pelo tanto que será importante para ajudar os Gunners na disputa de algum título ao longo da temporada que vêm.

3º – Niklas Süle e Sebastian Rudy (Bayern de Munique)

Ambos vieram juntos do Hoffenheim, que fez uma grande temporada 16/17. Os atletas tiveram a sua transferência acertada desde janeiro de 2017. O meio campista Rudy estava em término de contrato com seu ex-clube e veio a custo zero. Já o zagueirão de 1,95m que é tratado por muitos como uma grande promessa da posição, custou 20 milhões de euros aos Bávaros – valor considerado baixíssimo devido ao enorme potencial.

Rudy foi revelado pelo Sttutgart e chegou ao Hoffenheim no ano de 2010. A partir daí, o centro campista foi uma das grandes referências técnicas do time e chegou a ser o capitão. Convocado com frequência para a seleção alemã, o atleta chamou a atenção de Carlo Ancelotti e também por ser um jogador que se adapta bem a lateral-direita, um ótimo coringa para o técnico italiano usufruir.

Rudy era a referência técnica do Hoffenheim. Hoje busca espaço no badalado elenco do Bayern de Munique.

Já Süle é cria da base do Hoffenheim e começou sua trajetória no futebol profissional em 2013, com 19 anos de idade apenas. O jovem zagueiro demonstrou muita maturidade, qualidade e com isso hoje ele é um dos melhores da posição no futebol alemão. Presente nas seleções de base desde o sub-16, Süle foi prata nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016 e venceu a Copa das Confederações na Russia em 2017. Dono de grande capacidade física, o xerifão é um zagueiro muito técnico e excelente nas bolas aéreas.

Niklas Süle chega para tomar conta da zaga bávara no futuro.

O negócio foi vantajoso demais para o Bayern, não só pela qualidade dos jogadores e sim pelos valores. De graça, recebeu um grande centro campista que é ótimo para rotação de elenco e pagou barato em um dos zagueiros mais promissores da Europa.

4º – Mateo Musacchio (Milan)

Com apenas 19 anos, Musacchio assinou seu contrato com o Villarreal B e já conseguiu ser promovido ao time profissional logo no ano seguinte. Em 7 anos, com mais de 200 jogos defendendo a camisa do El Submarino Amarillo, o argentino que assinou um contrato de 4 anos onde o Milan pagou ao clube espanhol 18 milhões de euros, foi a primeira contratação da grande janela de Vincenzo Montella. Durante seu período no Estadio El Madrigal, Musacchio teve vários problemas de lesões e terá de lidar para que isso não ocorra na Itália.

Musacchio foi parte das contratações onde o Milan busca jogadores para reconstruir o time.

Pela La Liga, o zagueiro fez 2 gols e recebeu apenas 7 cartões amarelos em 23 jogos. Juntamente com Bonucci e Romagnoli, o argentino deve formar uma das melhores zagas da Europa e terá a ajuda dos dois italianos para manter a boa forma. Musacchio é bem técnico e não comete erros na zaga, seus passes longos de direita são sua maior virtude além do tático. O valor pago é excelente para os rossoneros, um zagueiro, em teoria, ainda jovem e em vista da iminente inflação do mercado, a melhor opção rentavelmente para o clube.

5º – Ricardo Rodriguez (Milan)

Um dos melhores laterais esquerdos do mundo. Muitos não sabiam como ainda estava no Wolfsburg e não em um time com mais ambição na Europa. Por apenas 18 milhões de euros, o Milan pagou um valor baixíssimo por um dos atletas que será mais importante nessa fase de reconstrução da equipe Rossonera.

Revelado no FC Zürich, Rodriguez já tinha chamado a atenção na seleção suíça sub-17, que venceu o mundial da categoria no ano de 2010. A partir daí, o lateral-esquerdo foi se destacando na equipe dos Alpes, até que em 2012 o Wolfsburg desembolsou 8,5 milhões de euros em sua contratação. Na equipe alemã, o jogador fez 149 jogos e venceu 2 troféus: Copa da Alemanha e Supercopa da Alemanha.

Ricardo Rodriguez sempre demonstrou enorme potencial e chega para levar o Milan novamente ao topo do futebol italiano.

Além de ser versátil, e poder também quebrar um galho na zaga e na meia esquerda, o suiço é um jogador de muita força física, marcação forte, passe refinado, ótima chegada ao ataque e especialista em bolas paradas. Tem tudo para ser um dos destaques da posição na Serie A e um dos pilares da reconstrução do Milan.

Comentários

Comentários