A convocação para a Copa já está definida?

A convocação para a Copa já está definida?

Em entrevista ao UOL Esporte, Tite confirmou 15 dos 23 jogadores brasileiros para a Copa do Mundo. Com isso, se não houver nenhuma lesão, ainda restam 8 vagas para integrar o grupo que viajará à Rússia no meio do ano.

Analisando a declaração do técnico, é muito provável que a sua comissão técnica esteja procurando dois goleiros, um lateral direito, um lateral esquerdo, um zagueiro, dois meio campistas e um jogador para atuar pelas pontas.

Para o gol, Ederson já é praticamente o reserva imediato de Alisson. O titular do Manchester City é jovem, sabe jogar com os pés e tem a média de apenas 0,73 gols sofridos por jogo. Assim, a luta para ser terceiro goleiro se intensifica entre Cássio — presença constante nas últimas convocações — e Weverton, arqueiro medalhista de ouro na Rio 2016, que atualmente se encontra na reserva do Palmeiras.

Felizmente, o Brasil está bem servido de laterais e possui os melhores do mundo em ambos os lados. A briga pela reserva de Daniel Alves e Marcelo é intensa, sobretudo para o lado esquerdo. Filipe Luis e Alex Sandro são os principais concorrentes, com o lateral colchonero saindo na frente na disputa. Alex Telles, Guilherme Arana e Wendell são bons nomes, porém a abundância de bons atletas torna remotas as chances de terem uma oportunidade.

Na direita, a situação é um pouco mais complicada. Sem um nome absoluto para fazer sombra a Daniel Alves, Tite ainda procura um jogador ideal para a posição. O nome da vez é Edilson — campeão da América com o Grêmio — que em 2018, se transferiu para o Cruzeiro. Sua principal característica é o chute de longa distancia. No entanto, o cruzeirense está em fase de observação e tem como rivais atletas com mais experiência na seleção, casos de Fagner e Danilo.

Se os zagueiros Marquinhos, Miranda e Thiago Silva já estão confirmados na Copa, o ultimo nome ainda é uma incógnita. Pedro Geromel, melhor zagueiro em atividade no país, nunca teve sequer uma chance e sua ausência é sempre questionada por jornalistas e torcedores. Dentre os “convocáveis”, Rodrigo Caio e Jemerson são os principais nomes. Ambos estão fazendo boas temporadas, são jovens e titulares em suas equipes.

Como a seleção inicia seus jogos em um 4–1–4–1, existem diversas maneiras para convocar o meio de campo. Se os volantes Fernandinho e Casemiro já podem preparar seu passaporte russo, são muitas as opções para o meio e as pontas da linha de 4 ofensiva. Pressupondo que seja convocado outro volante para a reserva de Paulinho, Arthur e Fred seriam os mais cotados para a posição. Contudo, devido à versatilidade de Renato Augusto, que também pode atuar como segundo volante; jogadores como Diego, Giuliano e o próprio atacante Luan têm a possibilidade de serem chamados, gerando mais opções ofensivas ao elenco. Jadson, apesar de não jogar pela Canarinho desde 2013, também está sendo observado pela comissão técnica e pode contribuir com sua experiência, visão de jogo diferenciada e qualidade nas bolas paradas.

Firmino, Neymar e Gabriel Jesus são unanimidades para o ataque brasileiro. Entretanto, a última vaga tem diversos pretendentes. Tardelli atua fora de um grande centro do futebol mundial, no entanto o treinador parece não se importar em chamar jogadores do futebol chinês. Taison vive um dilema parecido, porém o jogador já atuou com o técnico e tem como vantagem a boa campanha do Shakhtar na Liga dos Campeões. Já Diego Souza saiu do Sport para o São Paulo em busca de maior visibilidade. Apesar de jogar como 9 na seleção, jogou durante grande parte da sua carreira como meia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *